sexta-feira, 19 de março de 2010

Promessa é divida

No fim do ano passado a Governadora do Estado prometeu que iria melhorar a remuneração da polícia militar gerando expectativa. Inclusive, com o apoio da PEC 300, emenda de apoio constitucional que equipara os vencimentos das polícias militares e bombeiros do Brasil ao que recebem as corporações de Brasília. Passada a fase das promessas a Governadora anuncia a ridícula proposta de reajuste de 4,5%.

Alerta geral também na polícia civil porque o governo do estado anunciou formalmente, na festa de confraternização do fim de ano dos delegados, que daria, agora em Abril, 45% de reajuste.

Os delegados estão descrentes e os investigadores, escrivães e agentes, também estão cobrando reajustes.

Na Seduc, os professores ensaiam greve. No Detran a paralisação já ocorre. E o governo... finge que nada está acontecendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:

Os comentários aqui publicados não refletem a opinião deste site.

Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos seus autores.

Este blog reserva-se ao direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros ou ao autor deste canal.

Textos de caráter promocional também serão excluídos.