sexta-feira, 30 de abril de 2010

Tem que ter punição para todos os envolvidos no caso da menor presa em Abaetetuba

Na semana passada, vimos a juíza Clarice Maria de Andrade ser punida com a pena máxima – aposentadoria compulsória - por mandar prender uma menor com mais de 20 homens em uma cadeia de Abaetetuba em 2007. Bem, o primeiro passo já foi dado. Mas faço questão de enfatizar que ainda é apenas o primeiro passo!

Quando esta menina foi mandada para cadeia eu era líder da minoria na Câmara o que me dava ao direito de integrar o conselho de Defesa dos Direitos das Pessoas Humanas, onde debatemos muito sobre o assunto. Também participei da Comissão externa, criada pela câmara, que foi ao Pará para apurar o caso.

A decisão do CNJ é importante, mas continuaremos acompanhando e cobrando, porque há mais envolvidos neste caso. E os demais nunca tiveram nenhum tipo de punição, como por exemplo, autoridades da corregedoria Regional da Polícia Civil, promotores do Ministério Público e a própria governadora do Pará, Ana Júlia Carepa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção:

Os comentários aqui publicados não refletem a opinião deste site.

Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade dos seus autores.

Este blog reserva-se ao direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros ou ao autor deste canal.

Textos de caráter promocional também serão excluídos.